GM3207 - #saudável_mente

Promoção de competências de saúde mental e bem-estar; Requalificação e dinamização de espaço exterior

Pilares do Projeto Comunitário GAMMA: Desenvolvimento educativo, Ambiente, Comunidade
Tempo de implementação: 1 ano
Tempo do projeto: Sem limite
Comunidade: Promoção da saúde mental e da consciência ambiental nas crianças e jovens, contribuir para a preservação do meio ambiente

Descrição

A Espiga apresenta dois projetos diferentes que impactam pilares distintos do Programa Comunitário GAMMA. Um deles para promoção de saúde mental através de formações e o outro para promoção da consciência ambiental através de atividades desenvolvidas na natureza.

Projeto 1: No Centro Educativo “Os Espiguinhas” em Santiago do Cacém, o objetivo primordial é contribuir para uma maior eficácia da gestão emocional e comportamental, a promoção de competências de autoestima e de identificação e regulação emocional impactando de forma positiva a performance escolar e processo de aprendizagens das crianças e jovens do agrupamento de Escolas de Santiago de Cacém. Simultaneamente, irão impactar a comunidade, numa primeira fase, com a divulgação do Programa através de sessões presenciais de esclarecimento junto dos Encarregados de Educação, dos alunos e profissionais de educação e de um vídeo promocional que circulará nas redes sociais consciencializando a comunidade em geral para a temática. Numa segunda fase, divulgarão o decorrer das sessões através das redes sociais continuando a sensibilizar a comunidade para esta temática. Por último, vão divulgar os resultados da implementação do projeto, por forma a avaliar a evolução da qualidade da performance escolar dos participantes (capacidade de identificar e gerir as emoções com influência na gestão eficaz do comportamento e melhoria do processo de aprendizagem no contexto escolar).

Projeto 2: No Centro Infantil de Sines “A Conchinha”, dispõem de um grande espaço com árvores e solo fértil inaproveitado, que pretendem requalificar e dinamizar com a implementação deste projeto, de forma a dar continuidade ao trabalho já desenvolvido, bem como, adquirir novos meios e melhorar esta zona, criando novas áreas hortícolas, de aprendizagem e convívio. A Espiga pretende adquirir uma cisterna para o aproveitamento das águas pluviais, um compostor para aproveitamento do lixo orgânico do refeitório, um galinheiro para galinhas poedeiras que permitirá às crianças alimentá-las diariamente e retitar os seus ovos, uma casa na árvore que permite implementar um percurso de arborismo e um observatório da natureza e ainda terá um parque de merendas para promover convívios inter geracionais. Pretendem criar um jardim de cheiros e um pomar com a ajuda das crianças e suas famílias.